Théo-Filho era um dos escritores mais lidos no Brasil nos anos 20. Seus livros e crônicas, descrevendo a boemia parisiense e os vícios da elite brasileira, escandalizavam os moralistas. Consagrado muito cedo, o romancista-jornalista se voltou para o tema da praia no Rio de Janeiro. Entre 1925 e 1940, à frente do semanário Beira-Mar, Théo-Filho foi o intelectual que mais escreveu sobre assuntos balneários. Fez a apologia das banhistas, do bronzeamento, da exigüidade dos maiôs, do verão carioca, do turismo, dos esportes, do futebol na areia, dos clubes praianos e dos postos de salvamento de Copacabana, na época em que os banhos de sol se introduziam no repertório dos divertimentos ao ar livre. Théo-Filho produziu sua contribuição à praia de banhos brasileira durante uma vasta inflexão na história dos costumes, quando mudavam os padrões sociais de apreciação da nudez dos corpos, da pele morena e do calor tropical.


terça-feira, 29 de novembro de 2016

"O programa de turismo do Dr. Pedro Ernesto"

.
"O dr. Pedro Ernesto, a quem a cidade já deve incontáveis benefícios, reuniu, há dias, em seu gabinete, diversos jornalistas, apresentando-lhes o programa que seguirá o seu governo, tendente a dotar o Rio de Janeiro de novos atrativos para os turistas. Entre outras realizações, Sua Excia. promete a construção de um Balneário, junto ao futuro aeroporto, de um Parque de Diversões permanente, a remodelação da Feira de Amostras, com um amplo Palácio de Festas, tendo Salões de Arte, cinema e teatro para crianças, escolas profissionais, etc.". O prefeito da cidade, como tantas outras autoridades estatais daquele tempo, conhecia a importância dos divertimentos públicos para a vida política. 21 de março de 1936, p. 3. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

"O valoroso team do Posto 4 F. C."

.
"Vice-campeão da LAFA, em cujos arraiais espera-se fervorosamente a fundação da Liga Carioca de Foot-ball na Areia". 14 de março de 1936, p. 9. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

terça-feira, 22 de novembro de 2016

"Realizou-se, no dia 1º do corrente, na Piscina..."

.
"... do Copacabana, uma belíssima competição infantil, na qual tomou parte um grande número de alunos da magnífica professora Ruth Behrensdorf". Modernas piscinas, como a do Copacabana Palace, ajudavam a promover o ensino de natação no Rio de Janeiro. 14 de março de 1936, p. 9. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

"As novas torres de salvamento em Copacabana"

.
Já prontas, as torres dos Postos 2 e 6 aguardavam inauguração. 14 de março de 1936, capa. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

terça-feira, 15 de novembro de 2016

"O footing da manhã de domingo"

.
Poucos anos depois da grande campanha de repressão aos banhistas, no verão de 1931, os rapazes conquistaram o direito de andar sem camisa pelas avenidas litorâneas do Rio de Janeiro, sem serem incomodados pela polícia. Agora, as moças já se autorizavam a andar pela Avenida Atlântica apenas de maiô. 14 de março de 1936, capa. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

"O footing da manhã de domingo"

.
O jogo da troca de olhares sem compromisso entre moças e rapazes, a que o passeio pela orla servia perfeitamente, era quase sempre designado pelo termo "flirt". 14 de março de 1936, capa. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

terça-feira, 8 de novembro de 2016

"O footing da manhã de domingo"

.
Desde os anos 1910, o termo "footing" designava o passeio de fim de tarde e começo de noite, em que as damas exibiam seus vestidos. O emprego do mesmo termo para os deslocamentos de banhistas no "cais" da Avenida Atlântica era uma originalidade dos editores de Beira-Mar. 14 de março de 1936, capa. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

"O banho de mar à fantasia na Praia das Flechas"

.
"Essa festa foi oferecida ao almirante Protógenes Guimarães, governador do Estado (...)". Carnaval e política andavam juntos. 22 de fevereiro de 1936, p. 10. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).

terça-feira, 1 de novembro de 2016

"O banho de mar à fantasia na Praia das Flechas"

.
"Promovido pelo 'Inocentes' e realizado no domingo transacto na Praia das Flechas, em Niterói, pelo animado Grupo de Regatas Gragoatá, o banho de mar à fantasia alcançou ruidoso sucesso". 22 de fevereiro de 1936, p. 10. (Acervo Fundação Biblioteca Nacional).